Levanta, sacode a poeira, dá a volta por cima

“Levanta, sacode a poeira, dá a volta por cima”. É o que acontece quando a parceria de longa data entre Eva Schul e Eduardo Severino, ao contrário do que se previa no isolamento social, se agiganta. Mesmo com o distanciamento, a mente criativa dos dois diretores e coreógrafos se uniu no sentido de realizar um antigo sonho: juntar o maior número possível de artistas para criarem uma proposta única.


A conjuntura de pandemia do coronavírus e o advento do uso frequente da tecnologia para os processos criativos criou distâncias aproximadas e levou a montagem coreográfica além das fronteiras, o que conduziu a dupla a avançar pelo campo da formação e da pesquisa, buscando, além de criar, registrar e documentar os processos criativos – por demais traumáticos, em função de tantas perdas e danos sociais, mas também prolíficos para vazão do sentimento, a reflexão sobre o fazer artístico e os limites inexistentes da arte.


Realizado com recursos da Lei nº 14.017/2020, Edital Sedac nº 09/2020 Produções Culturais e Artísticas, “Levanta, sacode a poeira, dá a volta por cima” reúne três companhias de dança e artistas independentes num elenco com mais de 20 bailarinos, que, a partir de uma provocação, de um jogo de palavras, são desafiados à criação. São elas: Ânima Cia de Dança, Cubo1 Cia de Arte, Eduardo Severino Cia de Arte, Cibele Sastre, Fernanda Carvalho Leite, Letícia Paranhos, Lucca Adams Pilla, Luciana Paludo, Pamela Ferreira e Thais Ptzhold. A trilha sonora é do pianista João Maldonado e a voz que une os fios da diversidade, de Adriana Deffenti.